quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Sonhos

Não diga que seus sonhos lhe foram roubados,
Diga que eles – simplesmente- adormecem,
E que têm o sono leve de bebês recém-ninados.
Se seus sonhos adormecidos
Resmungarem,
Cante-lhes,
em voz baixa,
canções tranquilas.
E embale-os em seu coração.
Enquanto eles adormecem
Prepare-se para seu despertar:
Construa alicerces,
Abra caminhos,
Aqueça-os,
Alimente-os.
Nunca é hora de desistir de um sonho!
Carregamos,
dentro de nós,
coisas muito intimas,
valiosas e transferíveis:
nossa experiência de vida,
nossa história,
nossa luta.
Somente você sabe
Quantos passos foram necessários
Para chegar
Para parar um minuto
Para estar aqui,
lendo esta mensagem que lhe diz:
- se você chegou até aqui,
Você pode ir além!
Não diga que seus sonhos lhe foram roubados,
Diga que eles – simplesmente- adormecem,
E que têm o sono leve de bebês recém-ninados.
E é, por isso, que você
canta,
constrói,
luta,
espera,
ama,
estuda,
trabalha...
E é, por isso, pelos
sonhos adormecidos
que carrega no peito,
que você acorda todos os dias.
E - mesmo sendo tão difícil ter fé-
você continua, porque traz n’alma
fagulhas acesas por Dona Esperança

(Esta senhora simpática
que não deixa ninguém,
Desistir de seus sonhos!)

Nenhum comentário: