sábado, 14 de janeiro de 2017

A dança do poema



Na ponta dos pés
Dedilho
Versos que perdi
Eu teus caminhos 
suavemente profanos...

Angel

Nenhum comentário: