sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Contraditória



Não sei porque às vezes fico triste,
 mesmo quando tudo esta bem.
Não sei porque tem dias que sinto medo, mesmo segura.
Não sei porque estou fraca, sendo forte. 
E sendo tão forte, sou frágil. 
Sendo frágil, temo.
Então, quero me abrigar em  abraços que às vezes me apertam demais. Que me sufocam.
Por isso, às vezes, eu digo sim para os nãos que diria se eu soubesse o quanto sou forte.

Angel

Nenhum comentário: