quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Eu tenho fome dos vermes
que rastejam  em paz
entre os estrumes..
Dos que moram dentro das
frutas maduras caídas 
no chão.
Rastejar dentre a podridão
requer uma certa realeza!

A gosma da lesma
que desliza sobre a folha
da alface.
A lesma, bailarina a
 esparramar-se
alheia ao nojo

Invejo os vermes-
excluídos- que mastigam
a carne humana que
apodrece na terra
depois de uma breve vida
de orgulho e nausea.

Angel.

Nenhum comentário: