sábado, 4 de fevereiro de 2017

Burlar



Bailemos loucamente este amor de faz de conta.
Teus braços enlaçando a ilusões com que eu me visto.
Assim burlando a morte vamos atrás da eternidade.

Angel

Nenhum comentário: