sábado, 11 de fevereiro de 2017

Cicatriz



Prosto- me silenciosa 
diante de tua ausência
e as lágrimas
 não derramadas
correm dentro das veias
envenenando meu sangue

Tu, que não és, 
não sendo me consola
Teu não estar é
Sádica companhia 

Há um laço invisível
juntando nossos calcanhares
de Aquiles
Nossas cicatrizes se estendem 
em ambos os corpos 
e, nelas nos remendaram juntos.

A frivolidade das conversas 
nos permite tal amor que
não foi, nem é ou será, mas
que permanece sendo.

Reconheço o porquê
dos teus silêncios... 
Sigo com a paz
que não possuo, pois ela é
irmã siamesa de tua guerra.

Angel.

Nenhum comentário: