sábado, 11 de fevereiro de 2017

Poesia

Poesia, poesia.
Me salva da vida vazia
Me salva das dores de amores
Me salva do medo da morte

És minha religião
Minha paixão mais profunda
Os erros mais belos que deixo
pelo meu caminho

És, poesia, o sangue que jorra 
das minhas feridas
(Que são tantas)

Angel.

Nenhum comentário: