domingo, 7 de maio de 2017

Assalariada



Trêmulo na corda bamba
Há muitos boletos no bolso direito
E pouco amor do lado esquerdo. 
Bambeio. Oscilo ociosa.
Não é que tiraram a rede salva vidas?
Se cair a queda é livre. 
Embora seja bem provável que me enforque com a coleira que botaram no pescoço quando fiz dezoito.

Angel.

Nenhum comentário: