domingo, 7 de maio de 2017

Ir



Chega de ter limites.
Quero romper barreiras.
Quero o prazer incomensurável
A vida passa, fiquei presa aqui. 
Rogando piedade aos transeuntes, feito mendiga.
Chegou a hora de rasgar os velhos trapos e correr nua pelas ruas ...

Angel

Nenhum comentário: