terça-feira, 20 de junho de 2017

Canção




O vento que sopra
Arrepia meu pêlos
Amo o vendaval que desalinha
minha vida e o meu cabelo
Minha história é
Feita de tempestades 

Meu desencanto é canto
Espalhando pelos quatro cantos
Desta cidade 
Se lhe causa espanto
A minha  liberdade
Só lhe peço respeito
Me dê uma chance

Afinal,
A vida é romance
Etecetera e tal
Amor é freelance
Mas me entrego total
Não estrague meu lance
Com sua falsa moral

Essa ventania que invade meus dias
E me leva a todos os lugares
Procurando um caso de amor
em todos os bares...
Mas ao final da noite, 
Na madrugada fria
Eu sempre acordo em sua companhia.

Será que todo este tesão é amor?
Será que todo este tesão já virou amor?

O vento que sopra
Sopra a liberdade
E eu quero amar você
 em todo canto
Desta cidade
Atravessar a rua
Beijando-lhe a boca
Quero dar de louca
E jantar você....

Afinal,
A vida é romance
Etecetera e tal
Amor é freelance
Mas me entrego total.

Será que todo este tesão já virou amor?
Será que minha confusão já amou você?

Angel.